O RAPAZ E O MONSTRO | FILME

22.6.17
Esse é um filme de animação japonês realizado e escrito por Mamoru Hosoda. Estreou-se no Japão em 11 de julho de 2015, em Portugal em 14 de abril de 2016 e no Brasil em 19 de outubro de 2016.



Kyuuta, um rapaz perdido em Tóquio, encontra-se num universo paralelo, onde cresce com Kumatetsu, uma criatura semelhante a um urso que luta para viver. Kumatetsu treina Kyuta na arte do combate durante vários anos. Kyuuta entra numa aventura que afeta ambos os mundos.
O filme começa contando a história do mundo dos monstros, um lugar chamado Jutengai, onde aparentemente vai ter um torneio pra decidir quem vai ser o novo Sochi, uma espécie de divindade e mestre supremo. O torneio vai ser decidido entre dois grandes mestres, um deles, Iozen, é adorado pelos discípulos, amado pelos seus filhos e adorado pelos moradores, já o outro, Kumatetsu, é cabeça dura, impaciente, arrogante e não tem filhos, fora que todos os seus discípulos já abandonaram ele.
Depois a história segue para Ren (Kyuuta é o nome que o Kumatetsu deu pra ele, porque ele tem nove anos, que é kyu em japonês), um menino que está sofrendo pela perda de sua mãe e pela ausência do pai, aí ele acaba se rebelando contra seus novos tutores e foge, acaba parando nas ruas de Shibuiya, onde conhece Kumatetsu, que lhe oferece ajuda. Logo depois ele vai parar no mundo dos monstros e se torna aluno  de Kumatetsu, que é arrogante e cabeça dura, mas o Kyuuta também não deixa a desejar, sendo teimoso e rebelde com seu mestre. Durante o filme eles vão desenvolvendo uma relação de pai e filho que ambos não tiveram, Kyuuta fica com seu mestre durante vários anos, mas depois acaba resolvendo tentar a vida novamente no mundo humano.
Esse filme trata de vários pontos importantes, como o fato dos humanos não serem permitidos em Jutengai pelo fato deles terem em seus corações ~A Escuridão~, no caso o ódio e raiva, que destruiria aos outros e a eles mesmos, que é o que acontece em um combate entre Kyuuta e Ichirohiko, um dos filhos de Iozen, que também é humano, mas foi criado como monstro, ele acaba desenvolvendo essa escuridão e põe todos em perigo durante o torneio que decidiria o novo Sochi!!!
O desenrolar no final do filme é bastante conturbado, tem a batalha dos dois guerreiros pelas ruas de Tókio, o reencontro de Ren com seu pai biológico e a aproximação dele com uma menina que o ajuda na volta aos estudos, todo esse conflito de emoções entre os personagens. É um filme lindo, com uma história muito bonita, daquelas que não dá pra parar de ver, sabe? Tem umas cores lindas e uns cenários belíssimos. Além de tratar de sentimentos humanos como amor e amizade de uma forma muito bonita, também trata dos sentimentos não tão nobres como a raiva e o ódio.
O final do filme é bem interessante, e não, não vou contar aqui, mas quem vê não se arrepende, super recomendo.
O Rapaz e o Monstro na Netflix
Publicar comentário
Postar um comentário