Top Social

RESENHA | Gigantes Adormecidos (Sylvain Neuvel)

12 de dez de 2017

Sabe aqueles livros que você pega pra ler como quem não quer nada, e daí quando percebe, você terminou ele em um dia e já tá loucx querendo mais? Pois é, Gigantes Adormecidos fez exatamente isso comigo! Mas eu ainda não decidi se isso é tão bom quanto parece.

Esse livro foi lido para a maratona #leiascifi promovida pelo Geek Freak e a Editora Aleph! Pra ser sincera, eu nem peguei esse livro pegando na maratona, até porque eu já tinha jogado toda a tbr pro ar e daí falei hum, vou ler esse aqui agora aí eu li, simples assim e eu não me arrependo, porque é muito bom e é escrito de um jeito diferente!

"Se alguém olha para o céu, sem dúvidas vai tentar chegar lá em algum momento, e espécies que conquistam o espaço precisam pelo menos estar abertas à possibilidade de que não estão sozinhos no Universo."

Antes de tudo vocês precisam saber sobre o que é a história, afinal, nem a capa nem o título dizem muita coisa e eu não leio sinopse, então suponho que talvez vocês também não leiam. Robôs gigantes criados por alienígenas para proteger o planeta de uma retaliação, pronto. É basicamente isso. Mas o que acontece quando séculos depois as partes desse gigante começam a aparecer em várias partes da Terra? E o que acontece quando uma cientista e uma equipe formada por militares começam a montá-lo e a apertar os seus botões?


Tudo começa com Rose, é seu aniversário e ela ganhou uma bicicleta. A euforia é tanta que ela nem se importa com os outros brinquedos, mas quando a festinha acaba, ela pega a bicicleta e sai. Deveria ir só até o bosque e voltar, mas tem alguma coisa ali que chama sua atenção, e então ela cai. E quando acorda, rodeada de bombeiros, ela está dentro de uma cratera que foi feita por uma mão gigante que, com certeza, não estava lá antes!
Dezessete anos depois, Rose é uma conceituada física da Universidade de Chicago e foi selecionada para ser a cabeça da equipe que irá pesquisar a bendita da mão gigante, e ela está entusiasmada! Quando outra parte aparece, fica bem claro que se trata de um corpo inteiro, mas aonde estão as outras peças? E o principal, quem as criou? Todas as teorias têm uma coisa em comum: elas levam para fora do planeta Terra, para alienígenas com tecnologia avançada e o corpo bem diferente do humano, além, é claro, de uma compreensão muito mais avançada também!
Depois de algum tempo a pesquisa sobre um artefato alienígena se torna o estudo de um armamento que talvez possa destruir o mundo, então o próximo questionamento é: porque uma arma com tanto poder de destruição foi deixado aqui? Rose e sua equipe enfrentam altos e baixos, além da pressão de alguém que não conhecemos, para descobrir a resposta dessa pergunta.


A gente infelizmente não pode descer os spoilers todos aqui né? Também nem vou me atrever a fazer isso e acabar estragando toda a experiência de vocês, mas eu posso contar que esse é um dos thrillers de ficção científica mais incríveis que eu já li? Ele tem várias reviravoltas bem loucas, que eu não consegui prever em momento algum, além do humor extremamente acido do nosso Amigo Sem Nome, a pessoa por trás de reunir esse grupo de pessoas e monitora-las, mas é claro, sem deixar quem, o quê e pra quem ele trabalha! Sentiram o cheirinho de mistério tenebroso?

“Eu tenho o maior respeito pela Agência Nacional de Segurança. Também tenho meu dentista e meu contador em alta conta, mas nunca pedi que liderassem nossa equipe de pesquisa.”

Eu queria contar a história toda, cada pedacinho dela pra vocês, mas acho que já falei o suficiente pra vocês ficarem curiosos né? No mais, quero dizer que aqui vão aparecer invasões de território que podem causar a uma segunda Guerra Fria ou talvez uma guerra mundial, e a criação de uma mitologia surpreendente, que por mais incrível que pareça, faz todo sentido nesse caso! Sobre o fim da história: ele é bombástico e eu mal posso esperar pra ler Deuses Renascidos.



Eu adoro scifi, adoro robôs e adoro aliens, então eu não tinha a menor das dúvidas de que ia gostar desse livro. A dúvida era: o quão bom é esse livro? E eu posso dizer com toda certeza que se você gosta dessas três coisas que eu citei, ou adora um thriller bem escrito, você também vai achar esse livro muito bom. Mas tem um problema: toda a história é narrada por meio de entrevistas, de gravações, de relatórios, e essas coisas que são importantes numa pesquisa, sabe? Então se você é muito apegado àquela narrativa bonitinha e linear, talvez a sua leitura empaque ou você desista dele pela metade!
Eu tinha acabado de ler outro livro com esse mesmo tipo de narrativa e eu tinha gostado muito, então não foi um problema pra mim, tanto é que eu já quero a continuação dos dois! Mas, infelizmente, a continuação de um ainda não chegou ao Brasil, e ele é lançamento, ou seja, vai demorar; e a continuação desse aqui, tanto em e-book quanto em físico custam uma córnea, então vai ter que esperar mais um pouquinho. Quem sabe no Natal né?


A edição que eu li foi a em e-book e eu fiquei tão envolvida na história que não reparei se tinha alguma coisa fora do lugar. Sendo assim, vou supor que tava tudo lindo, mas levem em consideração que eu posso ter deixado alguma coisa passar, e depois não briguem comigo por isso!

ISBN 9788556510129  EDITORA SUMA DE LETRAS PÁGINAS 328
CAPA 1 REVISÃO 1 DIAGRAMAÇÃO 1 CONTEÚDO 1 GOSTO PESSOAL 1 TOTAL ✩✩✩ 

7 comentários em "RESENHA | Gigantes Adormecidos (Sylvain Neuvel)"
  1. Adoro tudo que envolva robôs e definitivamente parece ser uma ótima, sua resenha ficou ótima e diante disso pude ver a sua empolgação de como a leitura deve ter sido prazerosa à você.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Eu acho a capa desse livro tão linda que da primeira vez que vi quis ler o livro.
    Essa premissa me faz lembrar um filme do spielberg, sigo curiosa pela leitura.
    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Nossa esse livro parece ser incrivel,eu não o conhecia mas isso de ter algo haver com alienígenas me deixa eufórica, eu fiquei sabendo da maratona do geek freak mas não tenho livros o suficiente para participar, espero que na próxima eu consiga, as vezes sou igual a você e pego o livro na hora de ler assim e é sempre uma surpresa boa.
    Adorei o blog
    Beijos
    https://florescendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, te confesso que nunca li o gênero, mas adoro thrillers e fiquei realmente curiosa com a história. Já imagino um filme sendo lançado, pois ela caberia perfeitamente em um bom roteiro. Dica anotada! Bjs

    ResponderExcluir
  5. nossa, vc se empolgou bastante com a leitura... eu fiquei curiosa quando vi o lançamento e espero um dia poder ler ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto do gênero, mas faz um tempinho que não leio, então sua dica é bem vinda, com certeza. Achei legal esta ideia da narrativa ser por meio de entrevistas e relatórios, fica diferente e sai do padrão. Mas acredito que realmente nem todos vão gostar de uma leitura assim.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    confesso que esse tipo de leitura não me atrai muito pois tudo que envolve fantasia, alienígenas não é bem o que procuro mas ainda assim eu arriscaria pois parece ser bem interessante pela sua resenha, quem sabe né

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir