O Navio Arcano (Robin Hobb)

28 de jan de 2018

Sabe aquele tipo de livro que você pega com um medo enorme, e no final acaba se tornando uma das melhores leituras que você já fez na sua vida? A minha experiência com O Navio Arcano foi bem assim, mas também, pudera né... uma alta fantasia com cobras que podem prever o futuro, navios que ganham vida e piratas! Isso que é um combo de verdade!

Eu, sinceramente, não sei explicar o que é O Navio Arcano. Assim como O Senhor dos Anéis é uma história que eu conheço e aprecio, que eu gostaria muito de guardar em um potinho e não dividir com mais ninguém, mas as pessoas precisam conhecer essas histórias e sentir o mesmo que eu senti enquanto visitava elas, mesmo que eu também não consiga explicar esse sentimento! Então assistam o vídeo e sejam felizes com essas quotes que eu separei pra vocês.



O assombro fluía por seu corpo junto com o próprio sangue. Árvore. Casca e seiva, o cheiro da mata e as folhas farfalhando no alto. Árvore. Mas também solo e água, ar e luz, tudo indo e vindo através daquele ser que era conhecido como árvore. O assombro fluía junto, mergulhando e emergindo de uma existência de casca, folha, raiz e água.

Afaste a ansiedade. Quando se preocupa com o que poderia ser, você deixa de desfrutar o agora. O homem que se preocupa com o que acontecerá em seguida perde o momento atual com medo do próximo e envenena o momento seguinte com prejulgamento.

Lá, tudo era barulhento e tumultuado. Eu nunca tinha tempo para pensar. Era movimentação da hora em que Nana, nossa baba, nos tirava da cama pela manhã até termos tomado banho, posto o pijama e sermos enfiados de volta nas camas, à noite. Me vestiam e levavam para passear, eu ia às aulas, fazia refeições, visitava amigos, me vestiam com roupas diferentes, e eu fazia mais refeições... era interminável.


O tempo pode revirar o estômago de qualquer homem, mas não, não é isso. É o barulho, a correria e a falta de espaço. O cheiro. E os marinheiros. Homens decentes à sua própria maneira, mas... Não são como nós. Não têm tempo para falar das coisas que falamos aqui, Berandol. E se tivessem, seus pensamentos provavelmente seriam tão básicos quanto os do acólito mais jovem. Vivem como animais e pensam a lógica dos animais.

Não sou o único que lhe dirá que o oceano inteiro é meu para navegar como quiser. Assim, tudo o que pertence ao oceano também é meu.

Uma coisa que nunca havia considerado, mas que agora lhe atraía, uma ideia simples e lógica. Cair na água. Alguns minutos de desconforto, e então tudo estaria acabado. Nunca mais precisaria prestar contas a quem quer fosse ou sentir o estalo de uma corda contra as costelas. Nunca mais sentiria vergonha, frustração ou raiva de si mesmo. E o melhor de tudo é que bastaria um instante depois da decisão, aí estaria tudo terminado. Não ficaria sofrendo, agonizando, pensando na atitude que tomara. Tampouco precisaria de orações para esquecer o ato. Bastaria um momento de determinação.


Herdeiro ou não, ele é um bom marujo. Se um marinheiro não é digno de entrar em minha casa, então não é digno dos meus conveses.

Quando as garotas estiverem crescidas, depois que casarem e tiverem as próprias vidas, vamos retomar de onde paramos. Quero levar você comigo para as Ilhas Perfumadas, minha querida. Que tal? Um ano de pura maresia e nada para fazer além de ser a esposa do capitão. E, quando chegarmos lá...

Estou morrendo. E queria que a droga do meu navio estivesse aqui pra eu morrer no convés e despertar a embarcação, para a minha vida inteira não ter sido em vão. Não é pedir muito, é? Que o sonho que eu nasci para realizar aconteça como sempre planejei?


São bons homens, senhor. Bons marinheiros, bons companheiros de bordo, e nenhum se recusa a trabalhar, seja com uma agulha ou uma espada. Mas não se tornaram piratas para viver de acordo com as leis de outro homem, não importa quão boas possam ser.

A mará de sua fúria tinha recuado, deixando-o encalhado no cansaço e na angústia. Tentou em vão descobrir de quem era a culpa pela situação. Ficou muito infeliz em perceber que a culpa,  como sempre, era apenas sua. Não havia mais ninguém a quem culpar, ninguém a quem punir. Não importava quanto tentasse erradicar as próprias falhas, outras sempre apareciam no lugar.

Os vermes sempre se contentam com uma visão de mundo imutável.


Esse livro pode ser simples o quanto for, mas ainda assim é uma das edições mais bonitas da minha estante! Ele é super bem trabalhado, com todos os detalhezinhos lindos de âncora e ondas pra fazer a gente entrar no clima do livro, que acontece na maior parte do tempo, no mar! As únicas coisas meio chatas que eu vi aqui que foram: do meio pro fim tem alguns errinhos de revisão, mas se você tiver prestando atenção na leitura, não é nada que vá te atrapalhar. E eu acho que o tradutor trocou as bolas em alguns momentos, porque ele confundiu o nome de um personagem com outro e na primeira vez que isso aconteceu eu fiquei pensando que era a mesma pessoa só que em momentos diferentes e só na segunda vez que eu percebi que era uma troca mesmo. Tirando essas coisinhas, tá tudo lindo! SE JOGUEM NESSE LIVRO!

O Navio Arcano (Os Mercadores de Navios-Vivos #1)
Autora: Robin Hobb
Tradutor: Gabriel Oliva Brum
Editora LeYa
864 páginas
Lançado em 2017




17 comentários em "O Navio Arcano (Robin Hobb)"
  1. Suas fotos ficaram maravilhosas!! Eu tô louca por esse livro e agora que tem seu selo de aprovação vai pro topo da wishlist hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Menina, que livro incrível! Estou louca pra comprar ele e ler logo, seu vídeo só me deixou com mais vontade de começar logo! E as fotos e quotes ficaram maravilhosas <3 Parabéns!!!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu tenho sérios problemas com fantasia. Quase não consigo gostar.
    Tenho vários aqui que compro de olho grande e nunca consigo terminar.
    Até achei os trechos legais, mas sei lá, ainda fico com o pé atrás com fantasia.
    Mesmo assim, vou anotar a dica, porque né? Nunca se sabe! ;)

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa amei sua resenha, fiquei muito curiosa com o livro. Mas confesso que a quantidade de páginas me desanima um pouco. Adorei a história, além disso histórias de piratas são sempre muito legais.
    Eu amo Senhor dos Anéis, eu confesso que ainda não terminei a trilogia, só li o primeiro.
    Parabéns pelo vídeo.


    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Menina que fotos são essas, fiquei apaixonada e bem interessada em ler esse livro, com toda certeza adoraria ler e adoro tudo com navios e coisas do mar, esse gênero é um dos meus favoritos e sempre me cativam, ainda mais sendo da editora Leya.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Que fotos maravilhosas! Confesso que a premissa não me ganhou pelo fato de eu não curtir muito fantasia, mas fiquei completamente apaixonada pela capa e pelas ilustrações, que edição linda! E sobre os erros de revisão, também já peguei um livro com o nome dos personagens trocados, bem paia isso! hahaha MAs nada que atrapalhasse também. Que bom que você gostou da história!

    Um beijo, Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  7. Olá, acho que eu já vi esse livro pelas redes sociais diversas vezes, mas essa é a primeira vez que paro para saber mais sobre o que é a história, e pelo seu post parece ser muito, muito, muito interessante, com elemento bem peculiares. Com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa depois de ler a sua resenha
    e encantada com as suas fotos, muito lindas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá
    poxa muito legal o livro, achei muito lindo e atraente mas não sei se leria por agora apesar desse enredo muito forte, mas com certeza indicaria para alguns amigos que iam amar, bela dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas gostei tanto do vídeo como dos quotes que você escolheu. As fotos ficaram muito bonitas, parabéns!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Esses quotes estão de arrasar e a capa também mostra um bom trabalho da editora. Não sou muito de leituras desse tipo, mas fiquei bem interessada com essa premissa.
    Vou anotar essa dica.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro desde que ele foi anunciado pela editora. Eu adoro fantasias e achei a premissa desse muito original. A única coisa que me deixou um pouco decepcionada foi saber desses errinhos de revisão, principalmente a troca do nome de alguns personagens. Acho que são erros bem graves, ainda mais para um livro que não é barato.
    De qualquer forma, ainda estou bastante curiosa para ler e amei os trechos que você destacou também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Adoro esse gênero de livro! E que livro lindo, hein?
    Amei sua resenha e as fotos, pena ele ter tantos erros de revisão :/

    ResponderExcluir
  14. Olá! Parece que vc amou mesmo a obra né, eu realmente não conhecia e adorei a sua apresentação, assim como o Senhor dos Anéis, essa tmbm parece ter um enredo complicado de resenhar. Parabéns pela postagem.
    Beijos
    Paula Juliana
    https://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Que bom que você gostou da obra, mas infelizmente não é o meu estilo de leitura.
    Infelizmente deixarei a dica passar. As fotos ficaram muito legais :)

    Bjs
    Blog Tell Me a Book

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas nossa, já fiquei apaixonada pela sua resenha, quotes e fotos.
    Com certeza vai para lista de desejados, sou louca por fantasia e pelo jeito os elementos dessa história são incríveis

    ResponderExcluir
  17. Que resenha maravilhosa! Não conhecia a obra mas já quero sair daqui e comprar o meu exemplar, além da trama muito interessante essa capa é linda demais! Amo as capas da Editora LeYa! Beijos até a próxima!

    ResponderExcluir